Fração vascular estromal não-expandida do te...

FRAÇÃO VASCULAR ESTROMAL NÃO-EXPANDIDA DO TECIDO ADIPOSO NA TERAPIA DA ESCLEROSE MULTIPLA

  • A fração do estroma vascular do tecido adiposo é conhecido por conter células tronco mesenquimais (MSC), células T reguladoras, as células precursoras endoteliais, pré-adipócitos, assim como anti-inflamatórios macrófagos M2. A segurança do implante autólogo de tecido adiposo é embasado pelo uso extensivo deste procedimento em cirurgia cosmética, bem como em estudos em in vitro utilizando tecido adiposo expandida derivada das células tronco mesenquimais . Estudos em equinos e caninos que demonstram os efeitos anti-inflamatórios e de regeneração de células não-expandidas da fração do estroma vascular do tecido adiposo produziram resultados promissores. Embora as células não expandida da fração do estroma vascular do tecido adiposo têm sido usados com sucesso na aceleração da cicatrização de fístulas de Crohn, outras indicações clínicas  de conhecimento da utilização destas células para a modulação imune ainda não foi relatada. Neste artigo é discutido o fundamento para a utilização da fração do estroma vascular do tecido adiposo, rico em células-tronco mesemquimais, autólogo no tratamento da esclerose múltipla e descrever os resultados em três pacientes. A partir dessa lógica e experiências iniciais, propômos estudos controladoo uso das células-tronco do tecido adiposo autólogo em várias condições inflamatórias.

PDF DOWNLOAD
Links Relacionados

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba gratuitamente nossos informativos em seu email.

Nome:


E-mail:

FACEBOOK


BLOG

Weblite - Soluções para Internet